Segunda-feira, 21 de Novembro de 2005

Dias LIXADOS!!!!

lisbon_taxi.jpg

Há dias lixados!!! Começam lixados, a meio estão lixados e quase…quase que terminam lixados.
Na quinta-feira da semana passada o meu dia começou assim. LIXADO!!!!
Tudo me irritava…impaciência…impaciência!!!
Tinha uma reunião marcada ás 16.00 horas na Parede e o que menos me apetecia era enfrentar o tráfego de Lisboa para a Parede. Ainda por cima a tarde estava cinzenta o que queria dizer que se o meu dia estava lixado, as probabilidades de terminarem muito mais LIXADO aumentavam significativamente, com a perspectiva de ficar presa no tráfego.
Resolvi apanhar um táxi perto do Saldanha. Estava ligeiramente atrasada.
No meio da confusão do trânsito tentava visualizar as luzinhas no topo dos táxis de aviso que o mesmo está ocupado, de forma a estender o braço e mandar parar os que estariam livres.
Se há coisa que me sinto pateta é estender o braço e os táxis passarem num buliço, com o taxista a apontar para a tal luzinha (que não se vê), enquanto encolhe os ombros a dizer «-Pois é!!! Temos pena!!!».
Mas naquela tarde à primeira vista as coisas nem correram mal. À primeira «estendidela» do meu bracito «principesco» um táxi parou.

Entrei e disse: «-Para a Parede sffv». Foi precisamente aqui que percebi que o meu dia continuava lixado!!!
O senhor Taxista virou-se para trás, mostrou-me um dos seus melhores sorrisos dourados (tinha um dente de ouro, que eu achei que estava em extinção) e disse: «-Sinto muito menina, mas vou largar o táxi. Não dá.».
Consegui fazer um esgar parecido com um sorriso amarelo e disse enquanto saia com um ar ofendido do táxi: «Tudo bem, eu apanho outro».

Voltei a estender o braço. Passados uns minutos outro táxi parou. Entrei e repeti a frase: «-Para a Parede sffv». E o senhor Taxista voltou-se para mim e respondeu: «- Parede??? Ahhhh sinto muito minha senhora, mas ainda nem almocei.».
Fechei a cara e resmunguei entre dentes a falta de profissionalismo e que ainda se queixavam que não havia trabalho.
Bom, o Sr.Taxista não gostou muito da minha resmunguice e ainda tive direito a um «piropo».

Voltei a estender o braço enquanto espiava as nuvens cada vez mais cinzentas. Aqui confesso que já estava a ranger os dentes.
Outro táxi parou e pensei, agora nem entro!!! Mostrei a minha melhor faceta de mal-humorada. E secamente, repeti do lado fora do carro a mesma coisa que tinha dito aos outros Taxistas.

E ouvi com bastante alívio o senhor Taxista dizer : «-Entreeeee meninaaaaa….Entreeeee!!!».

Depois de robobinar todo o «filme» deveria ter percebido que aquela viagem prometia. Nem que seja pelo tom alto com que as palavras foram proferidas e o arrastar das mesmas.
Assim que entrei dei a morada. Era de uma empresa. Um cliente novo que nunca tinha visitado. Perguntei-lhe se conhecia. A resposta foi «-Não. Mas não se preocupe que tudo o que é vivo aparece!».

Foi uma viagem hilariante. Eu sem vontade de conversar e o Sr.Taxista com imensa vontade de trocar umas palavrinhas.
Fiquei a saber que ele achava que era sexta-feira, que a cliente anterior que por sinal era muito simpática também achava e claro que eu à força também tive que dizer que sim, que de facto aquela quinta-feira parecia quase uma sexta (foi a única forma de mudarmos de assunto). Depois passámos para o facto de as mulheres fumarem muito, «– Que antigamente é que havia mulheres como deve de ser, que fumar era para os homens!!!». Eu ia abanando a cabeça e sorria, na esperança que as minhas parcas palavras o silenciasse. Até que ele me perguntou «-Então e a menina nunca fumou???». E, prontos lá tive que dizer que sim e ouvir um raspanete e blá blá… Assim, que aquele tema se esgotou comecei a temer o próximo.
O rádio estava a tocar baixinho e lembro-me que estava a dar uma notícia. O novo tema estava escolhido, o acidente da A1. Oitenta viaturas dizia ele, uma data de mortos. No meio contou-me os pormenores todos de um acidente por onde tinha passado há pouco (sou um bocado impressionável e comecei a ficar mal disposta). Começou a mudar o posto do rádio, até que encontrou um em que as notícias estavam a começar.
Confesso que foi o relato noticioso mais fabuloso que assisti!!!
O Sr. Taxista assim que a noticia começou, disse «-Oiça com atenção vai dar!!!». O rádio tocava baixinho e então apercebi-me que algo não estava bem.
Ele rodava, rodava e rodava o botão do som e nada. O rádio continuava a tocar baixinho!!!
Então ele achou que podia resolver a questão de uma forma muito simples, ou seja sempre que o jornalista dizia uma frase, ele voltava-se para trás e repetia-me a palavra que considerava mais importante aos berros, enquanto continuava a rodar o botão do rádio:

-A1
- OITENTA VIATURAS!!!
-NEVOEIRO!
-TRÊS MORTOS!!!
-MUITOS FERIDOS!!!!
-HOSPITAL DE SANTARÉM!!!
…..

De toda a notícia foram as únicas palavras que consegui ouvir. Ia morta de riso. E quando dei por mim a nuvem negra da impaciência tinha-se quase dissipado.
Depois de mais algumas peripécias que achei deliciosas e me divertiram imenso, quer face á simplicidade das palavras utilizadas e ingenuidade (ou genuinidade) chegámos ao meu destino.
O Senhor Taxista queria esperar por mim «-Que eu não lhe tinha parecido muito simpática no início, mas que agora já estava com boa cara!!!». Consegui explicar-lhe que ia demorar e que um colega me daria boleia.
Bom, lá se convenceu e desejou-me umas boas festas e que me esperava voltar a encontrar.
Entrei na reunião com um sorriso na cara, o que é facto é que aquele Sr.Taxista salvou-me o meu dia LIXADO!!!!
Decreto-Lei decretado por PrincesaVirtual às 18:20

link do post | Alegações Plebeias | favorito
|
10 comentários:
De Anónimo a 24 de Novembro de 2005 às 12:38
Está demais!!! Gostei mesmo muito deste teu post!
O Rui Zink dizia, num livro que não me lembro do nome, que em cada taxtista de Lisboa existia um filosofo...

Fartei-me de rir com o teu texto!

Um bjito e uma flor!GNM
(http://www.extranumerario.blogspot.com)
(mailto:goncalonunomartins@iol.pt)
De Anónimo a 23 de Novembro de 2005 às 17:02
:)fdarkeyes
</a>
(mailto:fdarkeyes@sapo.pt)
De Anónimo a 22 de Novembro de 2005 às 16:54
êta diazinho complicado o teu. Mas os meus não ficam atrás.lolinconfidente
(http://inconfidencias.blogs.sapo.pt)
(mailto:inconfidencias@sapo.pt)
De Anónimo a 22 de Novembro de 2005 às 12:45
são historias destas que são tão divertidas e que nos fazem rir, ainda bem que o teu dia melhorou, deixa de pensar lixado e vais ver que as nuvens se levantam. sofialisboasofialisboa
(http://sofialisboa.blogs.sapo.pt/)
(mailto:sofialisboa@hotmail.com)
De Anónimo a 22 de Novembro de 2005 às 12:45
são historias destas que são tão divertidas e que nos fazem rir, ainda bem que o teu dia melhorou, deixa de pensar lixado e vais ver que as nuvens se levantam. sofialisboasofialisboa
(http://sofialisboa.blogs.sapo.pt/)
(mailto:sofialisboa@hotmail.com)
De Anónimo a 22 de Novembro de 2005 às 10:17
NANA: seja muito bem vinda. Que o meu reino seja a sua casa. :)pluma(princesavirtual9
(http://www.princesavirtual.blogs.sapo.pt)
(mailto:plumacaprichosa@hotmail.com)
De Anónimo a 21 de Novembro de 2005 às 22:27
Esta descrição fez-me sorrir... Após um dia que foi LIXADO!... Por isso, um muito obrigada. Se não te importares, vou continuar a frequentar este blog... E espero que não so nos dias lixados... bjs **Nana
(http://www.terrinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:terra_susana@yahoo.com.br)
De Anónimo a 21 de Novembro de 2005 às 22:14
ate é raro um taxista tornar um dia lixado num q n o é hehehehehe mas na volta isto ja é preconceito :s mas ha dias assim lixados mesmo e qd menos, e de kem menos esperamos la aparece a salvacao Passo
(http://www.versus.sapo.blogs.pt)
(mailto:Passodianisto@hotmail.com)
De Anónimo a 21 de Novembro de 2005 às 21:40
Que grande aventura!Formiguinha
(http://formiguinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:blog_formiguinha@sapo.pt)
De Anónimo a 21 de Novembro de 2005 às 21:40
Que grande aventura!Formiguinha
(http://formiguinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:blog_formiguinha@sapo.pt)

Alegações Plebeias...

.Audiências Reais com a Princesa Virtual: PrincesaVirtual@sapo.pt

.pesquisar

 

.Novembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Decretos-Lei Recentes

. ...

. Era uma vez uma Princesa ...

. Quando o cristal se estil...

. COMUNICADO REAL...

. À conversa com uma CABRA!...

. Pastilhas...

. Os Mapas, as mulheres e o...

. As vantagens/oportunidade...

. A SMS.....

. Criteriosa....

.Decretos-Lei Antigos

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.Nobreza que visito

.Livro de visitas

.Aqueles que me estão a visitar agora mesmo...

.Alguém os viu???

.A orquestra a tocar

.Levem a Princesa (salvo seja) - o seu selo...

blogs SAPO

.subscrever feeds