Segunda-feira, 6 de Fevereiro de 2006

Calçadas (ou crateras) Portuguesas!!!!

calcada_portuguesa.jpg

…..«Lisboetas, turistas e pendulares calcam apressadamente ondas do Mar Largo, caravelas, caranguejos, golfinhos, sereias, estrelas-do-mar, rosetas, lagartos fantásticos, florões e tapetes dos mais variados formatos; obras dos nossos calceteiros-artistas quais poetas que inundaram com os seus mares de pedra as praças e artérias principais da nossa cidade com a sua dura poesia.»… (de Cremilde De La Rosa Raposo Colaço Barreiros)

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

Conhecem a série «Sexo e a Cidade»??? Pois, apesar de não ver séries com regularidade esta é uma das muitas que passa pela nossa TV (radical, sic mulher…???) e que vou deitando uma olhadela.
A forma brilhante (brilhante = a equilibrado = sem desequilibro) com que as meninas da série usavam aqueles sapatos altíssimos e com uns saltos finíssimos, sempre foi um mistério para mim. Em Portugal por experiência própria (e por observação) não há ninguém por mais «In», «Riquérrima», «Xiquérrima» e tudo o mais que possa acabar em «érrima», que não torça um pé ou não sofra um desequilíbrio, quando coloca os pés na nossa famosa Calçada Portuguesa.
Outra coisa deveras interessante nessa série é a forma tão descontraída como elas tagarelam na rua sem sequer darem uma «olhadela» para o chão. Em Portugal diria que tagarelamos descontraidamente com os olhos «pregados» no chão, enquanto lançamos um olhar esporádico para o nosso interlocutor(a) ou para algo que valha uma torcidela de pés (ex: uma montra, um coca-cola men, enfim coisinhas dessas). Mas adiante…
Em Maio passado descobri «in-loco» a razão para o porte sempre tão majestoso e «brilhante» das Novas Iorquinas.
Não têm Calçada Portuguesa!!! Cimento e Alcatrão é tudo o que tem!!! E nada de buraquinhos, buracões ou crateras…
É claro que a «Calçada Portuguesa» é muito mais bonita. Mas para que raio me serve a Calçada Portuguesa se corro o risco de torcer ou partir um pé???!!!! Ou pior…muito pior!!! Dar cabo dos meus sapatinhos!!! Ficar sem solas!! Sem Capas!!! Sem saltos!!! Estava à pouco a pensar nas vantagens de ter uma «Calçada Portuguesa» em vez de betão, betão, betão… Vantagens???!!! Vantagens em enfrentar uma escalada ao Everest ( é assim que se me afigura em termos de dificuldade uma inclinação por mínima que seja quando me encontro de saltos altos)???!!! Andar em «pontas» como as bailarinas de 2 em 2 metros na esperança de que mais á frente, a coisa melhore e não corra o risco de cair numa das muitas crateras de calcário da nossa «lindíssima» Calçada Portuguesa???!!! E será que a nossa «lindíssima» Calçada Portuguesa, justifica a vergonha de ficarmos pregadas ao chão (quando já estou tão cansada de andar em «pontas» que arrisco assentar o pezinho todo)??? Ou pior de avançarmos e o nosso sapatinho ficar para trás e termos que o ir buscar enquanto esbanjamos sorrisos envergonhados em nosso redor aos transeuntes???!!! Ou então aquela situação que será verdadeiramente inqualificável, uma queda (mesmo que seja majestosa) e a vergonha de ficarmos sujeitas à ajuda e gargalhadas dos estranhos que assistiram na primeira fila???!!!

NÃO!!!

STOP. STOP. Agradece-se a vossa atenção!!!!!

Pais, maridos, namorados e amantes (e restantes categorias masculinas não abrangidas atrás) atentos???!!!

A culpa é da CALÇADA PORTUGUESA!!!!!

Do quê??? Simples. Dos gastos que consideram excessivos, desnecessários e incompreensíveis (e que nós as «vitimas» vezes sem contas vos tentamos explicar com lógicas simples de 1+1=2 ou será 22???!!!) em sapatos, botas, botins e afins (sim é verdade que as nossas sapateiras continuam cheias, mas é porque temos pena de nos desfazermos das nossas «relíquias». PS leia-se relíquia = sapato, bota, botins e afins em estado deplorável)!!!!

Isso mesmo a culpa é da CALÇADA PORTUGUESA!!!

Garanto-vos que se não fosse a Calçada Portuguesa as contas seriam muito simples ou seja 1+1 seria de facto igual a 2. Passo a expôr para total compreensão:

- 1 Par de sapatos pretos (substituiria os 6 pares de sapatos «relíquia»);

-1 Par de sapatos castanhos (substituiria os 4 par de sapatos «relíquia»)

-1 Par de sapatos azuis (substituiria os 3 par de sapatos «relíquia»)

- 1 Par de botas pretas (substituiria as seguintes botas relíquias: as botas castanhas de cunhas, as botas castanhas com salto à cavaleiro, as botas castanhas de camurça, as botas cremes de franja, as botas pretas de cano alto, as botas azuis para o verão, as botas pretas de salto baixo, as botas castanhas de salto agulha, as outras botas pretas que parecem iguais ás outras mas não são, …)

….

Onde pretende a Princesa chegar??? Simples!!!

Face à explicação «elucidativa» e q.b. «eloquente» dada atrás, agradeço que os caríssimos SENHORES façam o favor de deixar de reclamar com aquilo que denominam dos «vossos gastos supérfluos» ou então contactem o TINO de RANS e apreendam CALCETAGEM (uma arte que ouvi dizer está em extinção)!!!!

No que me diz respeito fica aqui a promessa que se os nossos homens se transformarem em calceteiros a Princesa reduz nas «relíquias»!!!!

Sem mais

@ a vossa (salvo seja) Princesa Virtual
Decreto-Lei decretado por PrincesaVirtual às 22:50

link do post | Alegações Plebeias | favorito
|
21 comentários:
De Anónimo a 12 de Fevereiro de 2006 às 21:34
Obrigado Miccas :) sinto-me lisonjeada com as tuas palavras e visitas ;)pluma(princesavirtual)
(http://www.princesavirtual.blogs.sapo.pt)
(mailto:plumacaprichosa@hotmail.com)
De Anónimo a 11 de Fevereiro de 2006 às 10:41
Genial! Verdadeiramente Genial! Os meus mais sinceros parabéns para a Princesa! Este é um dos poucos blogs que visito com frequência por várias razões: os temas, a forma como sua alteza escreve e, essencialmente, a abordagem que faz às mais diversas questões. Mas esta da calçada é verdadeiramente Genial! Devo dizer que subscrevo tudo o que a princesa disse, apenas acrescentando isto: Já presenciei vários acidentes relativamente graves de amigas ou até meras desconhecidas provocados por esse problema chamado "Calçada Portuguesa". Mas digo acidentes que envolvem quedas decomunais e feridas consideráveis a merecerem atenção médica. Um flagelo! Abaixo a Calçada Portuguesa, mesmo com sua grande história e tradição. Miccas
(http://miccas)
(mailto:miccas@iol.pt)
De Anónimo a 9 de Fevereiro de 2006 às 21:59
SOFIA: eu adoro as nossas artes seculares. O que não gosto é do desleixo do abandono das mesmas :) bjs PATY: eu sei...há lá mulher que não saiba do que falo ehehe na volta vou ter que adoptar mas é uns ténezitos ;) bjspluma(princesavirtual)
(http://www.princesavirtual.blogs.sapo.pt)
(mailto:plumacaprichosa@hotmail.com)
De Anónimo a 9 de Fevereiro de 2006 às 17:19
Ai princesa como te compreendo! E nem é preciso usar uns saltos muito finos e muito grandes como as senhoras lindonas do sexo e a cidade. Confesso que os meus saltos são modesto, pois sou completamente desajeitada e trapalhona no que toca a usar aqueles sapatos lindos de morrer que vemos por ai nas montras e que estão bastante na moda. Mas andar em lisboa realmente e um caos e uma autentcia aventura, tendo que nos desviar constantemente de buracos e presentes indesejados. Fiquei a adorar Londres e Paris por isso mesmo...os passeios são de cimento, lisinhios...lisinhos e largos qb. Isto é mesmo caso para dizer...mulher sofre!!! Paty
(http://patyplanetaazul.blogs.sapo.pt)
(mailto:patigrodriguez@sapo.pt)
De Anónimo a 9 de Fevereiro de 2006 às 14:42
ai que a nossa princesa está a ficar passadinha? ou está mesmo é a divertir-se com a vida? escolho a segunda hahahah pois é minha linda ainda não tinha descoberto esta coisa de passear pela cidade de salto alto? a menina não sabia que elas andam de ténis nos transportes e quando chegam ao escritório puxam pelo salto agulha? pois é minha linda, mas falar mal da nossa calçada portuguesa é que não...é unica no mundo e linda mesmo OK. posso sugerir os sapatos de cunha? estão na berra para esta estação e parece que vai ficar por mais dois anos e sabe que mais? não se enfiam entre as pedras, vão ser um sucesso em portugal hihihihih sofialisboasofialisboa
(http://sofialisboa.blogs.sapo.pt/)
(mailto:sofialisboa@hotmail.com)
De Anónimo a 8 de Fevereiro de 2006 às 22:42
FALA-PARA-DENTRO: Eu sou mulher páaa!!! E isso tudo tb :D beijos NANA: Tu e o Fernando fazem um belo par!!!! Afinal tás do lado de quem hemmm???!!! sobre os cócózitos dos cães já falei em post anterior ;) besitos nina CARLOS: Muito bonito... :) beijos INCONFIDENTE2: essa coisa do verniz era uma belissima ideia ehehe ;) beijos PRINCESA DO NILO: aiiii como me compreendes beijinhos :Dpluma(princesavirtual)
(http://www.princesavirtual.blogs.sapo.pt)
(mailto:aaa@hotmail.com)
De Anónimo a 8 de Fevereiro de 2006 às 16:10
uma princesa e sempre uma princesa, e sendo eu da casa real do nilo, sei o que e o sacrificio de andar de saltos, alias, sei o que e o sacrificio de ter uma sala do tamanho da assembleia cheia de roupa e sapatos, tudo em prol do protocolo real.. e princesa que e princesa nunca parte o salto...no entanto, nunca e demais ter sempre uns extras... helluah
(http://simplesmentedivinal.blogspot.com)
(mailto:simplesmente.divinal@gmail.com)
De Anónimo a 8 de Fevereiro de 2006 às 15:01
apoiada!!! APOIADA!!!!!
Concordo em absoluto com que disseste (escreves-te) A calçada portuguesa é realmente bonita... e não quero de maneira nenhuma acabar com uma tradição tão antiga, por isso proponho que as nossas autarquias (nossas salvo seja, que eu infelizmente não tenho nenhuma... mas até gostava) fizessem aquilo que se faz nos shoppings... mande-lhes pra cima uma camada de verniz ou que raio é que é aquela cena... a calçada fica protegida, deixa de haver falta de calhaus que nos impedem de perceber que raio de desenho era aquele que o "shor engenhêro" queria que lá estivesse e o mais importante... os nossos belos exemplares de calcantes mantêem-se todos com os saltinhos intactos!
Viram como é fácil??? (calem-se lá... quem é que disse que as câmaras não têm guito suficiente? ai ai ai ai ai )
Beijos aqui, ali e acolá!inconfidente2
(http://inconfidente2@sapo.pt)
(mailto:inconfidente2@sapo.pt)
De Anónimo a 8 de Fevereiro de 2006 às 09:16
sinto o teu silencio como uma brisa
brisa morna varrendo o teu corpo sensual
refrescando o meu calor por ti
não me digas que exagero!...
diz -me ...apenas....
que me queres nesta aurora enamorada
onde o amanhecer desperta como uma flor
que me faz sentir
simplesmente homem...
Carlos
(http://vagueando.blogs.sapo.pt/)
(mailto:c_m_a_n_u_e_l@hotmail.com)
De Anónimo a 7 de Fevereiro de 2006 às 23:05
A força vem de onde eu venho
De tudo que acende a vida acabada
Me olha entende o que eu sou tudo que é maior
Vem da luz

Que acende o olhar vem das histórias que me adormeciam
Vem do que a gente não consegue ver
Vem e me acalma me traz e me leva pra perto de você
E me leva, mais pra perto de você.
Carlos
(http://vagueando.blogs.sapo.pt/)
(mailto:c_m_a_n_u_e_l@hotmail.com)

Alegações Plebeias...

.Audiências Reais com a Princesa Virtual: PrincesaVirtual@sapo.pt

.pesquisar

 

.Novembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Decretos-Lei Recentes

. ...

. Era uma vez uma Princesa ...

. Quando o cristal se estil...

. COMUNICADO REAL...

. À conversa com uma CABRA!...

. Pastilhas...

. Os Mapas, as mulheres e o...

. As vantagens/oportunidade...

. A SMS.....

. Criteriosa....

.Decretos-Lei Antigos

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.Nobreza que visito

.Livro de visitas

.Aqueles que me estão a visitar agora mesmo...

.Alguém os viu???

.A orquestra a tocar

.Levem a Princesa (salvo seja) - o seu selo...

blogs SAPO

.subscrever feeds