Quinta-feira, 7 de Setembro de 2006

Pastilhas...

Muitas vezes dou comigo a divertir-me e a reparar em algo, que nunca me passou pela cabeça olhar mais que um segundo. Basta, muitas vezes pousar o olhar e divertir-me para que não o consiga desviar.
 
Um destes «olhares» fez-me ponderar que às vezes há pequenas coisas que podem formar uma imagem de uma pessoa. Até aqui nada de novo.
 
Um flash…um ténue flash… o suficiente para formarmos uma opinião, que poderá ser errónea….outras vezes nem por isso… sobre alguém.
 
Gosto de «pastilhas elásticas». Tenho um estranho vício de as «mascar» a seguir ao almoço.
 
Uma dependência parecida com o que algumas pessoas têm relativamente ao tabaco. Este meu «vicio» apenas se «impõe» quando estou a trabalhar.
 
Na maioria das vezes «mastigo» a pastilha de uma forma descontraída, no entanto depois deste meu «olhar», comecei seriamente a ponderar esta minha postura.
 
Voltando ao «olhar».
 
Um destes dias ia no comboio. Sozinha...
 
Distraio-me quase sempre a observar as pessoas que me rodeiam, isto quando estou «atenta», o que pressupõe que não estou a dormitar, ou entrei numa espécie de «coma de cansaço».
 
Neste dia o meu olhar parou numa senhora que folheava um livrinho e ia tomando umas notas.
 
Era uma pessoa «forte», bastante «forte»…daquelas pessoas com quem definitivamente não gostamos de dividir o assento do comboio, pois implicaria que apenas teríamos direito a 1/3 do nosso banco.
 
Mas o que me chamou a atenção foi o facto da dita senhora se encontrar a «mastigar» uma pastilha. Bom na realidade não era o «facto» de estar a mastigar era a «forma» como o fazia.
 
Também não posso chamar ao «facto», um acto de mastigar, julgo que o mais apropriado seria chamar-lhe «trucidar» a pastilha.
 
A pastilha era furiosamente mastigada, fazendo um som de nhac nhac nhac….cada vez que se ouvia o nhac nhac o senhor em frente a ela olhava-a como se tivesse visto «mosca na sopa».
 
Para além do nhac, nhac… ouvia-se um estranho ruído da língua a bater no céu-da-boca da dita senhora, ao mesmo tempo que tínhamos uma visão da sua concavidade «bocal». E isto porque a senhora abria a boca toda, (no seu acto de «trucidação») com uma verdadeira satisfação (se bem que quase inconsciente) …
Podíamos ver a «pobre da pastilha» a rolar na língua, depois (isto nos intervalos do nhacc nhaccc e dos estalos da língua contra o céu da boca) colava-a aos dentes de cima, rolava-a outra vez na língua, colava-a aos dentes de baixo… a visibilidade para quem se encontrava a uma distância razoável era bastante boa, por isso acredito que « o-senhor- cara-de-quem-lhe-caiu-uma-mosca-na-sopa» se sentia como se tivesse na primeira fila de um espectáculo.
 
Comecei a ficar um pouco «tonta» com o malabarismo, aquilo era uma verdadeira montanha russa. Enquanto, observava pensava para os meus botões… uauuuuu uma verdadeira artista TUGA!!!!
 
Mas todas as cenas tem um momento «apoteótico» e esse momento deu-se quando a senhora fez um enorme balão que rebentou e se colou ao «buço». Pensei com os meus botões «F-A-N-T-Á-S-T-I-C-O»!!!! Por esta altura já passava o tempo todo a beber golinhos de água da garrafa que tinha na mão para evitar uma gargalhada.
 
A pastilha era cor-de-rosa (ficava bem no cenário fantástico) e rapidamente a mesma foi retirada da boca (ai fiquei apreensiva e pensei ela não vai fazer o que estou a pensar!!!!) e de uma forma eficiente a senhora colava-a ao seu buço, até ter retirado todos os vestígios do seu balão mal sucedido.
 
O Senhor em frente a ela já não se encontrava no lugar, não reparei se mudou de lugar (que seria uma hipótese bastante provável!!!) ou se saiu no seu destino.
 
Eu continuava-me a rir para dentro. E a pensar com os meus botões, que os PORTUGAS são inigualáveis em algumas coisas (se bem que infelizmente nem sempre por coisas boas).
 
Foi neste momento que a senhora lançou o caderninho e a caneta para dentro da mala, levantou-se, atendeu o telemóvel e disse qualquer coisa parecida com isto «- Oiiii cárrrraaa, como tá você???».
 
Devo ter suspirado alto, tipo «UFAAAAA…afinal é brasileira!!!! Está safa a imagem PORTUGA!!» depois olhei para algumas pessoas que iam perto de mim e quase…quase…que me pareceu ver a mesma expressão de alivio no seus olhares, ou o mais provável era ter sido impressão minha e nem tinham dado pelo grande MOMENTO.
 
Não tive tempo de lançar um segundo olhar para confirmação, tinha chegado ao meu destino.
 
Mas que vou ter mais cuidado a mastigar «pastilhas» …ai isso vou!!!
 
@a vossa (salvo seja) Princesa deseja-vos um exelente fim-de-semana
sinto-me:
Decreto-Lei decretado por PrincesaVirtual às 23:04

link do post | Alegações Plebeias | favorito
|
40 comentários:
De Lobaaaaaaaaaa a 8 de Setembro de 2006 às 09:26
Mascar pastilha não é um passatempo que tenha, até porque não posso dar o exemplo aos meus miudos...

Mas realmente fazem-se figurinhas tristes quando se masca pastilha, que o próprio nem imagina...

ahahahahahaha

Boa observadora, hein..

Beijos mil e excelente fim de semana.
De PrincesaVirtual a 9 de Setembro de 2006 às 13:16
Pois...todos nós muitas vezes acabamos por fazer algumas figurinhas tristes... ;) beijos lobita

Alegações Plebeias...

.Audiências Reais com a Princesa Virtual: PrincesaVirtual@sapo.pt

.pesquisar

 

.Novembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Decretos-Lei Recentes

. ...

. Era uma vez uma Princesa ...

. Quando o cristal se estil...

. COMUNICADO REAL...

. À conversa com uma CABRA!...

. Pastilhas...

. Os Mapas, as mulheres e o...

. As vantagens/oportunidade...

. A SMS.....

. Criteriosa....

.Decretos-Lei Antigos

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.Nobreza que visito

.Livro de visitas

.Aqueles que me estão a visitar agora mesmo...

.Alguém os viu???

.A orquestra a tocar

.Levem a Princesa (salvo seja) - o seu selo...

blogs SAPO

.subscrever feeds