Quinta-feira, 7 de Setembro de 2006

Pastilhas...

Muitas vezes dou comigo a divertir-me e a reparar em algo, que nunca me passou pela cabeça olhar mais que um segundo. Basta, muitas vezes pousar o olhar e divertir-me para que não o consiga desviar.
 
Um destes «olhares» fez-me ponderar que às vezes há pequenas coisas que podem formar uma imagem de uma pessoa. Até aqui nada de novo.
 
Um flash…um ténue flash… o suficiente para formarmos uma opinião, que poderá ser errónea….outras vezes nem por isso… sobre alguém.
 
Gosto de «pastilhas elásticas». Tenho um estranho vício de as «mascar» a seguir ao almoço.
 
Uma dependência parecida com o que algumas pessoas têm relativamente ao tabaco. Este meu «vicio» apenas se «impõe» quando estou a trabalhar.
 
Na maioria das vezes «mastigo» a pastilha de uma forma descontraída, no entanto depois deste meu «olhar», comecei seriamente a ponderar esta minha postura.
 
Voltando ao «olhar».
 
Um destes dias ia no comboio. Sozinha...
 
Distraio-me quase sempre a observar as pessoas que me rodeiam, isto quando estou «atenta», o que pressupõe que não estou a dormitar, ou entrei numa espécie de «coma de cansaço».
 
Neste dia o meu olhar parou numa senhora que folheava um livrinho e ia tomando umas notas.
 
Era uma pessoa «forte», bastante «forte»…daquelas pessoas com quem definitivamente não gostamos de dividir o assento do comboio, pois implicaria que apenas teríamos direito a 1/3 do nosso banco.
 
Mas o que me chamou a atenção foi o facto da dita senhora se encontrar a «mastigar» uma pastilha. Bom na realidade não era o «facto» de estar a mastigar era a «forma» como o fazia.
 
Também não posso chamar ao «facto», um acto de mastigar, julgo que o mais apropriado seria chamar-lhe «trucidar» a pastilha.
 
A pastilha era furiosamente mastigada, fazendo um som de nhac nhac nhac….cada vez que se ouvia o nhac nhac o senhor em frente a ela olhava-a como se tivesse visto «mosca na sopa».
 
Para além do nhac, nhac… ouvia-se um estranho ruído da língua a bater no céu-da-boca da dita senhora, ao mesmo tempo que tínhamos uma visão da sua concavidade «bocal». E isto porque a senhora abria a boca toda, (no seu acto de «trucidação») com uma verdadeira satisfação (se bem que quase inconsciente) …
Podíamos ver a «pobre da pastilha» a rolar na língua, depois (isto nos intervalos do nhacc nhaccc e dos estalos da língua contra o céu da boca) colava-a aos dentes de cima, rolava-a outra vez na língua, colava-a aos dentes de baixo… a visibilidade para quem se encontrava a uma distância razoável era bastante boa, por isso acredito que « o-senhor- cara-de-quem-lhe-caiu-uma-mosca-na-sopa» se sentia como se tivesse na primeira fila de um espectáculo.
 
Comecei a ficar um pouco «tonta» com o malabarismo, aquilo era uma verdadeira montanha russa. Enquanto, observava pensava para os meus botões… uauuuuu uma verdadeira artista TUGA!!!!
 
Mas todas as cenas tem um momento «apoteótico» e esse momento deu-se quando a senhora fez um enorme balão que rebentou e se colou ao «buço». Pensei com os meus botões «F-A-N-T-Á-S-T-I-C-O»!!!! Por esta altura já passava o tempo todo a beber golinhos de água da garrafa que tinha na mão para evitar uma gargalhada.
 
A pastilha era cor-de-rosa (ficava bem no cenário fantástico) e rapidamente a mesma foi retirada da boca (ai fiquei apreensiva e pensei ela não vai fazer o que estou a pensar!!!!) e de uma forma eficiente a senhora colava-a ao seu buço, até ter retirado todos os vestígios do seu balão mal sucedido.
 
O Senhor em frente a ela já não se encontrava no lugar, não reparei se mudou de lugar (que seria uma hipótese bastante provável!!!) ou se saiu no seu destino.
 
Eu continuava-me a rir para dentro. E a pensar com os meus botões, que os PORTUGAS são inigualáveis em algumas coisas (se bem que infelizmente nem sempre por coisas boas).
 
Foi neste momento que a senhora lançou o caderninho e a caneta para dentro da mala, levantou-se, atendeu o telemóvel e disse qualquer coisa parecida com isto «- Oiiii cárrrraaa, como tá você???».
 
Devo ter suspirado alto, tipo «UFAAAAA…afinal é brasileira!!!! Está safa a imagem PORTUGA!!» depois olhei para algumas pessoas que iam perto de mim e quase…quase…que me pareceu ver a mesma expressão de alivio no seus olhares, ou o mais provável era ter sido impressão minha e nem tinham dado pelo grande MOMENTO.
 
Não tive tempo de lançar um segundo olhar para confirmação, tinha chegado ao meu destino.
 
Mas que vou ter mais cuidado a mastigar «pastilhas» …ai isso vou!!!
 
@a vossa (salvo seja) Princesa deseja-vos um exelente fim-de-semana
sinto-me:
Decreto-Lei decretado por PrincesaVirtual às 23:04

link do post | Alegações Plebeias | favorito
|
40 comentários:
De Maria Papoila a 11 de Setembro de 2006 às 18:56
Sua Alteza descreveu o espectáculo de forma FANTÁSTICA! Um verdadeiro número de circo que se fez Vª Alteza, rir para dentro a mim fez-me chorar de tanto rir... e assim ficou salva a dignidade dos "Tugas" a mascar pastilha elástica... o que infelizmente não é verdade com o bolo-rei... (lol)
Beijos
De PrincesaVirtual a 12 de Setembro de 2006 às 18:12
Que se passa com o bolo rei??? :D beijoss
De Insolente a 12 de Setembro de 2006 às 04:27
esta vivo o prazer da insolencia e de regresso aos combates a sério, ora entao um grande bem haja
De PrincesaVirtual a 12 de Setembro de 2006 às 18:13
E eu que já te tinha colocado nos blog moribundossss :D já la vou espreitar.te

Beijosss :D
De Aragana a 12 de Setembro de 2006 às 12:35
Brasileira ou tuga ou Ucraniana.... as pessoas que mascam pastilha como se esta fosse um bicho maligno irritam-me profundamente.
aliás, chateia-me quem come á minha frente de boca aberta e a fazer barulho!
Parecem cavalos (coitadinhos dos cavalos)

...Bjus Princesa!
De PrincesaVirtual a 12 de Setembro de 2006 às 18:13
Pois taditosss dos cavalos eheeh

beijos :)
De peter42y a 12 de Setembro de 2006 às 17:56
Porquê meu Deus , porquê?
Parece que o nacionalismo está de regresso . Hà uns binte anos eramos todos internacionalistas. Parecia mal barrar-se a entrada a africanos..,ou brasileiros..
Hoje parece que o nacionalismo está de volta.
Eu acho as ucranianas muito giras.
É pena é que não venham mais ,para trazer uma lufada de ar fresco ao nosso país.

De PrincesaVirtual a 12 de Setembro de 2006 às 18:05
É isso mesmo Peter...isso e bataras fritas!!! :D
De PrincesaVirtual a 12 de Setembro de 2006 às 18:14
Upsss desculpa Peter...batatas fritas era o que queria dizer :D
De cronicasdeariana a 12 de Setembro de 2006 às 20:57
Pois aí está, algo que já tinha reparado... e manter-me como se nada se estivesse a passar, para não rir... é dificil.

BJS :)
De PrincesaVirtual a 14 de Setembro de 2006 às 19:47
Pois...não rir é a parte mais dificil :D beijosss
De Lizard Princess a 13 de Setembro de 2006 às 09:44
oi! era só para te pedir que participasses no concurso Blog Poeta. Vai a http://blogpoeta.blogs.sapo.pt e inscreve-te.
please
De PrincesaVirtual a 14 de Setembro de 2006 às 19:48
Gostaria , mas de poeta nada tenho :D
De Nana a 14 de Setembro de 2006 às 14:56
hahahaahaha tá boaaa!!! gostei particularmente da parte em que tira a pastilha da boca para com ela retirar os restos do buço... deve ter sido uma visão pra nunca mais esquecer!! por acaso é uma coisa que me irrita, ouvir pessoas a mastigar. Mas nem precisa ser pastilha, basta estarmos a almoçar e alguém comer com a boca aberta. é o suficiente para me irritar. mas isso sou só eu. eheh Beijinhos
De PrincesaVirtual a 14 de Setembro de 2006 às 19:49
Tu e eu...mas tem dias...há dias que me diverte ;) beijoss nanita
De joseabilio a 14 de Setembro de 2006 às 16:47
O acaso não tem vida. O que vemos e nossa vida mais límpida que antes.

Correr pelos campos da vida, semear olhares, regar como um fio de tempo o fio da nossa caminhada aqui. Ler livros em cada recanto de um momento, eis que a luz do entardecer, nos anima a olhar mais para algo do que coisa nenhuma. Assim se escreve momento a momento a historia da humanidade.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

O acaso não tem vida. O que vemos e nossa vida mais límpida que antes. <BR><BR>Correr pelos campos da vida, semear olhares, regar como um fio de tempo o fio da nossa caminhada aqui. Ler livros em cada recanto de um momento, eis que a luz do entardecer, nos anima a olhar mais para algo do que coisa nenhuma. Assim se escreve momento a momento a historia da humanidade. <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>Nao</A> esperar jamais pelo titulo do autor mas viver sempre de pequenas formas vivas, ou criar vida onde ainda não chegou a o fio de luz. <BR><BR>Tal como a amizade, a natureza escolhe sempre a simplicidade para deixar correr o rio
De PrincesaVirtual a 14 de Setembro de 2006 às 19:49
Interessante o teu comentários... :D tens ai umas formatações estranhas no comentário eheeh :D
De igara a 14 de Setembro de 2006 às 17:48
hahahahahahahhahaha Princesa, o que eu me ri com este teu post...ai Jasus! Eu confesso-me pastilho-dependente e depois de te ler hoje de manhã, pedi aos meus colegas para estarem atentos á minha mastigação...não fosse o diabo tecê-las e eu andar armada em trucidadora de Chewing gums. Eles garantem que estiveram atentos a tarde toda, e concluiram que sou inofensiva, para as pastilhas e para os meus pares. O que, resumindo e baralhando quer dizer que posso continuar a comer as ditas pastilhas sem correr o risco de ser atacada por alguém á beira de um ataque de nervos.....
Mas Oh Princesa, as coisas a que tu estás atenta são impressionantes. Eu não sei se tinha resistido a esse concerto ao vivo, não sei mesmo...ou me tinha dado uma trangla manga... ou... ou... nem sei...
Olha, beijos muitos, ás resmas... e abracinhos na mesma medida....
De PrincesaVirtual a 14 de Setembro de 2006 às 19:50
beijitooosss Igara :D ;)

Alegações Plebeias...

.Audiências Reais com a Princesa Virtual: PrincesaVirtual@sapo.pt

.pesquisar

 

.Novembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Decretos-Lei Recentes

. ...

. Era uma vez uma Princesa ...

. Quando o cristal se estil...

. COMUNICADO REAL...

. À conversa com uma CABRA!...

. Pastilhas...

. Os Mapas, as mulheres e o...

. As vantagens/oportunidade...

. A SMS.....

. Criteriosa....

.Decretos-Lei Antigos

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.Nobreza que visito

.Livro de visitas

.Aqueles que me estão a visitar agora mesmo...

.Alguém os viu???

.A orquestra a tocar

.Levem a Princesa (salvo seja) - o seu selo...

blogs SAPO

.subscrever feeds