Segunda-feira, 3 de Abril de 2006

O inicio (work sweet work...)

Na sexta-feira passada estava a repreender um colega mais novo de uma forma construtiva. Explicando-lhe o que tinha corrido mal no trabalho, a razão porque me tinha aborrecido, onde devia de melhorar…and so on.

Quando isso acontece e especialmente com pessoas mais novas (acabadinhas de sair da faculdade), acabo por me rever na preocupação e aflição, que lhes vislumbro na cara.

Não é fácil a entrada no mundo profissional.

Os meus primeiros anos a trabalhar foram duros, comecei a trabalhar com 21 anos tinha acabado um bacharelato e depois de já estar a trabalhar aventurei-me por uma licenciatura e especializações na minha área. Senti na pele o que é ser trabalhadora/estudante.

 

Lembro-me que quando assinei contracto, uma das coisas que foi dita por um dos sócios com um ar muito sério foi:

 

- Bem vindos à XYZ, não se esqueçam aqui todos temos hora de entrada. Mas hora de saída só Deus o saberá…

 

O meu grupo estava entusiasmado e só faltou gritarmos em uníssono Aleluia!!! Aleluia!!! (nem sabíamos o que raio aquilo de facto queria dizer!!! Santa ingenuidade…).

 

Outras das regras era termos que vestir bem ( de uma forma clássica), teríamos que vender uma boa imagem aos clientes, não nos podíamos esquecer que o nosso trabalho era nas instalações do cliente,  blá blá…

 

Tem piada relembrar-me disso, porque no outro dia tive que pedir a uma colega mais nova que evitasse as calças muito descaídas que deixavam ver as «cuequinhas fio dental», quando por alguma razão tinha que ir procurar algum documento ao arquivo. Houve uma razão para o fazer e estritamente profissional. Uma vez que aqueles movimentos, para além do Zum-Zum masculinos que provocava no «open space» face à visão da «cuequinha fio dental», ainda gerava discussões entre as mulheres de várias gerações que se encontravam lá, sobre se «aquilo» era ou não aceitável… Resultado ficávamos todos parados até que a «coisa» se acalmasse, gerando ineficiências no nosso trabalho.

 

Bom, mas como estava a dizer ouvi tudo atentamente e quando recebi o meu primeiro ordenado, gastei-o até ao último tostão, entre mandar fazer fatos clássicos, comprar blusas, saias, camiseiros… Ahhhh e está claro S_A_P_A_T_O_S, … sapatos lindos e de salto altíssimos e finos.

 

Sentia-me orgulhosa por ser (até que enfim!) uma «profissional» e lembro-me que o primeiro «Doutora» que me dirigiram «inchei» como um balão.

 

Foi precisamente logo no meu início da carreira profissional que tive que me deslocar a um cliente na Madeira.

Lembro-me perfeitamente desse dia. Tinha vestido um camiseiro de seda lindo (estampado) em tons de castanhos, um casaco castanho «cintado» e uma saia «travada». Calcei uns sapatos novos castanhos, com uns saltos especialmente altos. Sentia-me bonita e muito «Profissional».

Treinei umas caras ao espelho e os cumprimentos (tenho uma estranha mania de falar com a minha imagem no espelho…). Estava perfeita!!!

Correu tudo muito bem. A entrada nas instalações da empresa fazia-se por um Hall, onde eram atendidos os fornecedores e os clientes pela senhora telefonista/recepcionista e encontrando-se as casas-de-banho também nessa zona.

Já toda a Empresa sabia quem éramos e por não estarem muito habituados à nossa presença, tratavam-nos de uma forma muito respeitosa e cautelosa.

E eu na minha fatiota nova, em cima dos meus sapatos lindos e altíssimos (aos quais ainda me estava a tentar adaptar) sentia-me uma pessoa importante!!!

Como até as Princesas necessitam de fazer o seu «xi-xizinho», dirigi-me à senhora da recepção e perguntei-lhe onde era o W.C, a senhora simpaticamente lá deu as indicações.

E assim dirigi-me para o Hall, vi logo as casas-de-banho, lembro-me que empurrei a porta e depois…depois o chão faltou-me, o meu já desequilíbrio nos saltos não ajudaram nada. Estatelei-me ao comprido. Geralmente quando caio, caio mesmo…de tal forma que fico sempre zonza e quieta por uns momentos. Bons, os meus momentos de recuperação foram perturbados por uma voz que gritava alto e a bom som:

 

- Ajudemmm…ajudemmm… a Doutoura caiuuuuu….(a senhora da recepção tinha me visto a desaparecer muito rapidamente da sua visão!!!!)

 

Ou seja tinha as pessoas do cliente a olharem para mim, tinha os meus colegas a olharem para mim e graças a Deus que não tinha chegado nenhum cliente ou fornecedor. Se não tinha morrido mesmo de vergonha!!!!

Mas as coisas comigo nunca são fáceis. Quando me tentei levantar reparei que as minhas mãos e joelhos escorregavam ao mesmo tempo…

Concluindo, a senhora da limpeza lavara o chão com sabão (aliás como o fazia todos os dias), mas precisamente naquele dia tinha-se esquecido de retirar o sabão!!!!

Os passos seguintes passaram por várias tentativas de ajuda, mas goradas porque aquele sabão era «lixado» e aquilo parecia um ringue de patinagem.

Após ponderar todas as hipóteses (e de amaldiçoar os meus sapatos de salto altíssimo!) resolvi que a opção era mesmo sair de GATAS. Pareceu-me a mais digna, após ponderar todas as hipóteses, não me apetecia que todas aquelas pessoas me vissem a bater outro «bate-cú».

 

Assim fiquei com uma enorme nódoa negra no RABO, andei um dia inteiro com dois buracos enormes nas meias na zona do joelhos (o que não era nada nobre!!!) e sempre que entrava no «open-space», a tentar-me equilibrar nos meu sapatos lindos e altíssimo, com uma postura profissional (clássica, sóbria e a incutir respeito) antes de ouvir a pergunta «- Então Doutora já está bem??», ouvia um sussurro de risadas…

 

Confesso que a maior «nódoa negra» sofreu o meu Ego. Com o tempo apreendi a «desinchar». Apreendi que Doutores há muitos e que essa palavra por si só não é tudo. Apreendi que quando saímos da «escolinha» sabemos tão pouco e somos tão pequeninos…

 

Pois era isso mesmo, que estava na sexta-feira passada a tentar explicar ao meu colega mais novo. Confesso que não sei se fui bem sucedida. Mas como também acredito que a bater com a cabeça na parede é que se fazem «homenzinhos e mulherzinhas»... que se façam à VIDA!!!

 

@ Desejo a todos uma boa semana a vossa (salvo seja) Princesa

 

 

 

 

sinto-me:
Decreto-Lei decretado por PrincesaVirtual às 00:27

link do post | Alegações Plebeias | favorito
|
63 comentários:
De Augusto Brilhante Ribeiro a 3 de Abril de 2006 às 00:58
Ó Princesa,
Contas cá cada "peta". Por acaso até tens jeito.
Isso não será deformação profissional?
E agora pergunto: Tu és a que está na fotografia?
Àquela comprava-lhe as enciclopédias todas.
Aquele plebeu tem cá uma sorte. Todo tirone e a pegar na mão da menina...
De PrincesaVirtual a 3 de Abril de 2006 às 10:48
Caro Augusto,

apenas para informação, se há coisa que a Princesa não é ...é mentirosa (prefiro omitir a mentir) e profissionalmente muito ética. Não me parece que num blog haja necessidade disso, onde se conta tantas histórias e estórias.
Cumprimentos
De Aníbal a 3 de Abril de 2006 às 03:38
Pois é amiga,não pude deixar de dar uma boa gargalhada à tua custa.Aposto que depois do sucedido,passaste a usar sapatos mais plebeus...eheheheh!
Beijinhos.
De PrincesaVirtual a 3 de Abril de 2006 às 10:50
Não passei não Anibal :D ... posso sofrer um bocado, mas os meus sapatinhos de salto...não passo sem eles ;) beijossssPs hmmm faço um descanço ao fim-de-semana, mas agora já me equilibro bem neles
De Patrique a 3 de Abril de 2006 às 06:18
Nunca tinha lido um texto tão grande sobre sapatos e camisas e afins...no entanto li todo e até fiquei excitado, não te preocupes, foi uma excitação como os teus bejinhos, muito recatada...A ver vamos
De PrincesaVirtual a 3 de Abril de 2006 às 10:52
Ás vezes fico a pensar como raio se aguentam vocês na PRAIA :D já vi que voltas-te da groenelandia ehehe beijos (recatados)
De Coisas Parvas a 3 de Abril de 2006 às 08:50
É por essas e por outras (especialmente por outras, mas enfim) que não uso saltos altíssimos, camiseiros estampados (só o nome agoira), saias travadas (novo agoiro, pois travar em piso escorregadio só com ABS) e casacos cintados (só com cinto de segurança)! Também por isso evito descompor os colegas mais novos. Mas, também por isso, é sempre um prazer ler-te! À espanhola dir-se-is: "mas que salero princes!" Beijos
De PrincesaVirtual a 3 de Abril de 2006 às 10:55
Ora COISAS PARVAS, mas devias para ver como não é nada fácil :D obrigado pelos elogios beijooo :)
De kuka a 3 de Abril de 2006 às 09:43
A da foto é a princesa,antes de ter escorregado no sabão.Pelo menos não estou a ver buracos nas meias.E eu a pensar que vida de princesa era fácil!
De PrincesaVirtual a 3 de Abril de 2006 às 10:56
Não ...não é mas podia ;) não é facil não senhora Chefe KUKA, princesa sofre!!! beijos (recatados) PStenho que ir ver que andas tu a cozinhar
De Lurdes a 3 de Abril de 2006 às 10:17
Só faltou mesmo a música a acompanhar!! Esta Princesa tem cada aventura... isso dos saltos altos é alguma tara ou é só mesmo mania?!? É que veio-me à memória a história das botas pretas!! Beijinhos e boa semana de trabalho.
De PrincesaVirtual a 3 de Abril de 2006 às 10:59
Não Lurdes, digamos que é algo que gosto ;) se bem que ás vezes sofro um bocadinho com eles
Ps já há musica !!!
De Lurdes a 3 de Abril de 2006 às 18:32
Pois já... e bem gira!!!
De Zuco a 3 de Abril de 2006 às 10:47
És consultora, portanto... Daquelas meninas de oculos e fatinhos pinanus, de saltos altos e portátil a tiracolo que ficam um mês numa sala de reuniões a tirar conclusoes esotericas, mas que os Grandes Chefes gostam muito porque fica sempre bem dizer que tiveram lá na empresa uma equipa de consultores, como vem nos livros. :-)

Hoje tenho cá um novinho de 23 anos... *arece um anjinho!
De PrincesaVirtual a 3 de Abril de 2006 às 11:02
Não sou nãoooo !!! :D (mas está quente!!!) e depois não uso óculos, não sou cinzentona. Se os clientes forem simpáticos tem uma simpatia nas EMPRESAS (MOI!!!), se forem cornos...hmmm mordo-lhes os calcanhares :D ehehe beijos ZUKOOO
De Carlos a 3 de Abril de 2006 às 11:00
http://vagueandoporti.blogspot.com/
AMO-TE ASSIM



Amo-te assim

Sem enfeites nem disfarces

Ungida pela água.

Cabelo corrido pelos ombros,

Olhos brilhantes de alegria e volúpia

Toda amor mar e harmonia

Como se tivesses descido do céu

E uma nuvem fosse o longo véu

Que nos envolvesse eternamente.
De PrincesaVirtual a 3 de Abril de 2006 às 11:03
Muito bonito esse amo-te Carlos. Beijos :)
De sofialisboa a 3 de Abril de 2006 às 11:48
mas que histoia divertida, é isso mesmo, temos muitas vezes que cair e nos apercebemos do ridiculo para conseguirmos riri de nós proprias, mesmo as doutoras de salto alto. bjs sofialisboa
De PrincesaVirtual a 3 de Abril de 2006 às 14:15
Quando alguém consegue rir-se de si própria isso é sinal de inteligência !!! Ok confesso que nem sempre acho piada na altura, mas depois visto de fora consegue-me provocar verdadeiras gargalhadas. beijinhosss Sofia
Ps continuo sem conseguir comentar, mas tenho-te lido
De Fernando a 3 de Abril de 2006 às 12:14
Este post, além de genial, deixou-me estarrecido, chocado até. Há uns meses largos que leio este blog e só hoje cheguei a esta brilhante conclusão que denota como mal vai este país. Então não é que este membro da nobreza... TRABALHA??
De PrincesaVirtual a 3 de Abril de 2006 às 14:40
Obrigado pelo elogio ao Post. Caro Fernando óbvio que a Princesa trabalha e muito ;) mas também tem tempo para as coisas que lhe dão prazer :D como seja escrever no blog e escrever umas letras para quem me lê!!! Hmmm claro que posso sempre começar a debitar estas letras aos utentes do blog :D começo por ti??? isso sim seria um bom negócio e talvez tivesse algum impacto no PIB :D manda-me sffv o teu nº de contribuinte eheh beijossss

Alegações Plebeias...

.Audiências Reais com a Princesa Virtual: PrincesaVirtual@sapo.pt

.pesquisar

 

.Novembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Decretos-Lei Recentes

. ...

. Era uma vez uma Princesa ...

. Quando o cristal se estil...

. COMUNICADO REAL...

. À conversa com uma CABRA!...

. Pastilhas...

. Os Mapas, as mulheres e o...

. As vantagens/oportunidade...

. A SMS.....

. Criteriosa....

.Decretos-Lei Antigos

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.Nobreza que visito

.Livro de visitas

.Aqueles que me estão a visitar agora mesmo...

.Alguém os viu???

.A orquestra a tocar

.Levem a Princesa (salvo seja) - o seu selo...

blogs SAPO

.subscrever feeds